Etiqueta do carregador de formulários
AEB BIOQUÍMICA LATINO AMERICANA S.A.
Directions and map

Stabymatic

Equipamento automático de troca iônica para a estabilidade tartárica

Stabymatic 30 ECO

Stabymatic 30 ECO

Stabymatic 200 ECO

Stabymatic 200 ECO C

Stabymatic 500

Stabymatic 500

Logo AEB Engineering

Stabymatic é um equipamento revolucionário para a estabilização tartárica; seu funcionamento é baseado no emprego de pH-Stab 2.0, que permite diminuir os sais de K+ e Ca++ no vinho, deixando-o mais estável. A diminuição dos íons eletropositivos contribui para baixar o pH dos mostos e vinhos tratados.

As resinas de troca iônica são obtidas mediante processo de polimerização de estireno e divinilbenzeno em altas temperaturas, em percentual específico para AEB, apresentando grupos sulfônicos ativos que conferem elevada estabilidade físico-química e estrutura física, não permitindo absorver substâncias orgânicas. Esse equipamento pode trabalhar em modo automático, semi-automático e manual.

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO DO PH-STAB 2.0

A estabilização tartárica mediante o uso de resinas é obtida removendo-se sais minerais de carga positiva. O líquido atravessa a coluna que contém pH-Stab 2.0 trocando íons e reduzindo a condutibilidade, e por consequência o pH. pH-Stab 2.0 retém os cátions trocando-os por H+; posteriormente a regeneração é efetuada com Acid +, ativandor a base de ácido sulfúrico que restabelece a forma ácida para a resina.

O equipamento é estudado para ter mínima influência organoléptica sobre os mostos e vinhos tratados. O tipo de resina usada, o fluxo de líquido e as bombas enológicas usadas garantem o mínimo ‘estresse’ sobre o produto. Testes realizados demonstram que não há combinação de SO2 durante todo o processo.

Uma perfeita relação entre altura e diâmetro da coluna em função das dimensões das esferas trocadoras, especialmente estudadas pela AEB, permite uma troca catiônica completa do pH-Stab 2.0 mesmo em situações de elevada turbidez.

Para otimizar o uso do regenerante Acid +, o equipamento possui tanque de acúmulo que é usado para a preparação da solução regenerante e posteriormente para recírculo pelas colunas. O sistema garante uma recarga completa sem desperdício de produto, como acontece com frequência em sistemas em corrente.

O equipamento possui tubulações e bombas dedicadas a troca iônica do vinho e para recírculo da solução regenerante com a finalidade de permitir o trabalho em forma contínua (uma coluna opera em troca iônica e outra em regeneração, simultaneamente).

A máquina possui um software desenvolvido para a troca iônica em mostos/vinhos e permite trabalhar em condições extremas. Um CIP alcalino automático, quando a performance de troca iônica do pH-Stab 2.0, se reduz, permite levar as resinas ao seu estado original, removedo eventuais substâncias orgânicas que se acumularam sobre as esferas.

A fórmula especial de pH-Stab 2.0 permite o uso em vinhos brancos ou tintos mediante uma operação de branqueamento das resinas. Todo o processo de branqueamento pode ser feito em modo atumático através de um simples comando dado pelo operador.

CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS DO STABYMATIC

  • VANTAGGIO 1

    Linhas de vinhos e regenerantes separadas

  • VANTAGGIO 2

    Lavagem em contracorrente e regeneração em corrente

  • VANTAGGIO 3

    Colunas em aço inox especial

  • VANTAGGIO 4

    Facilidade para substutuir as resinas

  • VANTAGGIO 5

    Facilidade de manutenção dos difusores nas colunas

  • VANTAGGIO 6

    Uso de produtos a base de ácido sulfúrico para regeneração

  • VANTAGGIO 7

    Bombas enológicas para movimentação do mosto/vinho

  • VANTAGGIO 8

    Possibidade de usar as mesmas colunas (pH-Stab 2.0) para vinhos brancos ou tintos mediante a processo de branqueamento (Peracid)

  • VANTAGGIO 9

    Possibilidade de trabalhar em automático, semi-automático e manual

  • VANTAGGIO 10

    Limitado consumo de água graças ao tanque de recírculo

  • VANTAGGIO 11

    Possibilidade de trabalhar com NTU elevada

  • VANTAGGIO 12

    Possibilidade de trabalhar em qualquer fase produtiva

  • VANTAGGIO 13

    Possibilidade de usar N2 ou ar comprimido para o esvaziamento

  • VANTAGGIO 14

    Possibilidade de trabalhar com a função pH ou litros a tratar

STABYMATIC PODE TRABALHAR EM 3 MODOS: AUTOMÁTICA, SEMI-AUTOMÁTICA E MANUAL.

MODALIDADE AUTOMÁTICA

A máquina trabalha automaticamente, seja para troca iônica ou para regeneração. Informando o pH que se deseja atingir ou os litros que se deseja tratar, Stabymatic trabalhará alternando os ciclos de regeneração para troca iônica até que o setpoint definido seja alcançado.

Entre as configurações que se encontram no equipamento estão a possibilidade de definir a velocidade de fluxo e a quantidade de vinho que será usada para enxaguar as resinas após o ciclo regenerante.

MODALIDADE SEMI-AUTOMÁTICA

O equipamento permite realizar todas as funções apenas selecionando a desejada:


  • • Carregamento H2O no tanque reservatório 

  • • Recírculo do reservatório

  • • Esvaziamento da água ou regenerante das colunas com N2

  • • Enxágue das colunas com H2O

  • • Esvaziamento do vinho das colunas com N2

  • • Enxágue tubulações de vinho com H2O

  • • Enchimento das colunas com H2O

  • • Esvaziamento do reservatório sem passar pela coluna

MODALIDADE MANUAL

Através do touch screen é possível selecionar qualquer função individualmente. Entretanto a máquina possui uma série de ciclos especiais que permitem otimizar o funcionamento das resinas pH-Stab 2.0 ou obter uma melhor perfornance da máquina.

Stabymatic permite trabalhar com fluxos variáveis com a finalidade de adaptar-se a qualquer tipo de mosto/vinho ou as exigências da cantina.

COMPONENTES

O equipamento é constituído pelos seguintes componentes:


  • • Estrutura em aço inox com pés

  • • Duas colunas formadas por 4 semi-colunas contendo difusores em forma de estrela na parte terminal, ligados centralmente por flange com porca e parafuso. As colunas são inspecionáveis através da parte alta e/ou baixa, através de tampas DIN 150 e apresentam válvulas de segurança mecânicas

  • • Tanque reservatório apoiado por pés e coberto por tampa em PVC transparente. No reservatório estão instalados 3 sensores de nível interligados ao software de gerenciamento da máquina.

BOMBAS

  • • Bomba troca-vinho com rotor em epdm e inverter

  • • Bomba regenerante com rotor em epdm e selo especial

  • • Bomba enxágue com rotor em boracha natural e inverter

  • • Bombas pneumáticas para  Acid+, Alca- e Peracid.

CONEXÕES

  • • Entrada de vinho

  • • Saída de vinho

  • • Entrada de água

  • • Descarga

  • • Entrada para misturador de vinho

FUNCIONAMENTO

  • • Automático, semi-automático, manual

  • • Circuito passagem gás

EQUIPAMENTO

  • • Válvulas pneumáticas de duas vias dotadas de dispositivo de segurança magnético e sinalizador luminoso. Válvulas de três vias com dispositivo de segurança magnético e sinalizador luminoso

  • • Válvulas manuais de esfera com bloco de segurança (entrada vinho, saída vinho, e descarga regenerante), uma válvula adicional sob o kit de mistura para o vinho

  • • Hidrômetro a turbina e eletromagnético

  • • Pressostatos digital

  • • Medidor de fluxo eletrônico

  • • Dois eletrodos para medição de pH (entrada e saída)

  • • Sonda para temperatura PT100

  • • Tubulação em inox AISI 316

  • • Saca amostra (entrada e saída linha de vinho)

  • • Eletroválvulas (para a gestão das entradas de ar/N2) grupo eletropneumático de gerenciamento das válvulas e bombas

  • • Regulador de pressão

  • • Indicador de pressão da rede de alimentação de ar comprimido

QUADRO ELÉTRICO

O quadro elétrico em inox consta dos seguintes componentes:


  • •  Interuptor geral

  • • Tecla de emergência

  • • Tecla habilitação equipamento

  • • Tecla rearma alarmes

  • • Sirene para os alarmes

  • • Protetor térmico dos motores

  • • Tela touch screen 10,4”

  • • PLC Mitsubishi

  • • Modem para interligação com Internet via LAN

  • • Inverter

  • • pH - metros

ACESSÓRIOS INCLUSOS

  • • Funil para carregamento das resinas

  • • Chave DIN polivalente

  • • Kit neutralização: compreende a adição de uma bomba pneumática de 900L/h para dosagem de Alca-, diretamente na linha de descarga durante o esvaziamento do reservatório de mostura da solução regenerante ácida.

OPCIONAL DISPONÍVEL MEDIANTE SOLICITAÇÃO

  • • Kit divisão de águas: compreende a adição de uma entrada adicional, acionada por válvula pneumática, dedicada a rede de água. A a entrada standard já presente será dedicada a água desmineralizada ou osmotizada. O software do equipamento fará a gestão automática das entradas de água de acordo com as exigências da máquina.

  • • Pré filtro em inox composto de dois housing de 20” com cartuchos filtrantes de 150 micron em inox.

  • • Kit separação de efluentes: consiste de uma válvula adicional na rede de descarga. Essa válvula permite a gestão automática, através do software, da separação dos efluentes ácidos das águas de enxágue. A economia será na disposição dos resíduos ácidos que serão reduzidos.

MODELOS

Os modelos da gama Stabymatic disponíveis no mercado são:


  • LINHA STABYMATIC

  • • Stabymatic 500: até 30 hL/h

  • • Stabymatic 1000: até 60 hL/h

  • • Stabymatic 2000: até 120 hL/h

  • LINHA STABYMATIC ECO

  • • Stabymatic 30 ECO: até 3 hL/h

  • • Stabymatic ECO 50+50: até 6 hL/h

  • • Stabymatic 200 ECO C: até 25 hL/h

  • • Stabymatic 500 ECO C: até 60 hL/h

Informações detalhadas sobre os modelos podem ser encontradas nas respectivas fichas técnicas.

Documentação

Quer estar sempre informado sobre as novidades, iniciativas e eventos do Grupo? Assine agora a nossa newsletter!
Este site usa cookies técnicos e de terceiros para coletar informações estatísticas sobre os usuários. Para saber mais e aprender a gerenciar cookies, clique aqui . Se você continuar navegando no site, acessando outras áreas ou selecionando um item - por exemplo, uma imagem ou um link -, desse modo, consente com o uso de cookies e com as outras tecnologias de criação de perfil que usamos. Para ocultar esta mensagem, clique aqui. .